Defesa de Tese do Programa de Pós-Graduação em Economia/CEDEPLAR/FACE/UFMG

Calendário
Defesas
Data
28.06.2017 2:00 pm - 6:00 pm

Descrição

Defesa de Tese do Programa de Pós-Graduação em Economia/CEDEPLAR/FACE/UFMG

Aluno: DOUGLAS ALCANTARA ALENCAR

Título: “Essays on Aggregate Demand, Productivity, and Exchange Rate”

Data da Defesa: 28/06/2017

Horário: 14h00

Orientador:       Prof. Frederico Gonzaga Jayme Júnior (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Coorientador : Prof. Gustavo de Britto Rocha (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Banca Examinadora:     

Prof. Frederico Gonzaga Jayme Júnior (Orientador) (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Gustavo de Britto Rocha (Coorientador) (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Gilberto de Assis Libânio (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Fabrício José Missio (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Eduardo Strachman (UNESP)

Prof. Francisco Horácio Pereira de Oliveira (UFOP)

Local da Defesa: Auditório nº 2 – Bloco de Seminários - Prédio da FACE/UFMG - CAMPUS PAMPULHA

 

RESUMO:

O objetivo dessa tese é analisar, sob a perspectiva Pós-Kaleckiana, a interação entre taxa de câmbio real, produtividade e regime de demanda agregada, no Brasil entre 1960 e 2011. O ponto de partida é o de que a acumulação de capital e o crescimento econômico são liderados pela demanda. A pesquisa compreende os seguintes passos: i) uma avaliação crítica da literatura sobre regimes de crescimento, com ênfase particular em questões relacionadas à produtividade e e modelos Pós-Kaleckianos; ii) entender a relação entre a taxa de câmbio real, produtividade e os regimes de crescimento; iii) propor três modelos teóricos que relacionem a taxa de câmbio real, a produtividade e o regime de crescimento; iv) melhorar o modelo com base na revisão da literatura; v) interpretando os resultados estatísticos à luz da abordagem Pós-Kaleckiana para uma amostra de países da América Latina, especialmente o Brasil. No campo teórico, o estudo desenvolve um modelo que mostra as interações entre demanda agregada, taxa de câmbio real, produtividade e salários reais. Além disso, há uma falta de estudos teóricos e empíricos sobre a relação entre a demanda agregada, a taxa de câmbio real, a produtividade e os salários reais, que essa pesquisa tenta cobrir.

 

ABSTRACT:

This dissertation analyses, from a Post-Kaleckian approach, the interactions between aggregate demand, the real exchange rate, productivity and real wages in the Brazilian, for 1960 to 2011. It does so from the longstanding perspective that demand is the driver of capital accumulation and economic growth. The research comprises the following steps: i) A critical assessment of the growth regimes literature, with a particular emphasis on issues related to productivity and the Post-Kaleckian approach; ii) Understanding the relationship between the real exchange rate, productivity and growth regimes; iii) Proposing three theoretical models that relates the real exchange rate, productivity and the growth regime; iv) Improving the model based on the literature review; v) An empirical test of the interaction between the real exchange rate, productivity and the growth regime; vi) Interpreting the statistical results in light of the Post-Kaleckian framework for a sample of Latin America countries, specially Brazil. In the theoretical field, the study develops a model which shows the interactions between aggregate demand, the real exchange rate, productivity and real wages. Furthermore, there are a lack of theoretical and empirical studies about the relationship between aggregate demand, the real exchange rate, productivity and real wages, which this research tries to cover.